O uso de redes sociais virtuais para fins laborais no ambiente organizacional: um estudo à luz da Análise de Redes Sociais (ARS)

Autores/as

Resumen

As redes sociais virtuais vêm sendo incorporadas nas relações de trabalho contemporâneas desempenhando um papel de disseminação da informação. Nesse contexto, tem-se como objetivo geral analisar a estrutura da rede social formada a partir de grupos em redes sociais virtuais entre colaboradores de uma organização. Adotou-se o método Análise de Redes Sociais solicitando aos respondentes que citassem os integrantes dos grupos de redes sociais virtuais relacionados a questões laborais dos quais participam. Utilizaram-se métricas de centralidade, densidade e modularidade no software Gephi 0.9.1 para construir a rede e analisa-la. A partir da identificação de 23 grupos diferentes, mapeou-se uma rede de afiliação não direcionada composta por 68 nós e 1501 arestas, densa e estruturada em quatro módulos. Os colaboradores mais centrais apresentam diferentes setores e posições. Isso indica que informações laborais são disseminadas virtualmente de maneira heterogênea. Alguns papeis centrais na rede social mapeada não coincidem com a estrutura organizacional formal.

Palabras clave

Redes sociais, redes sociais virtuais, grupos, ambiente organizacional, análise de redes sociais

Biografía del autor/a

Bibiana Giudice da Silva Cezar, Universidade Federal do Pampa

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Administração da Universidade Federal do Pampa (PPGA/UNIPAMPA) na linha de pesquisa Estratégia e Sistemas. 

Paulo Cassanego Jr., Universidade Federal do Pampa

Docente do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Pampa na linha de pesquisa Estratégia e Sistemas.

Kathiane Benedetti Corso, Universidade Federal do Pampa

Docente do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Pampa na linha de pesquisa Estratégia e Sistemas.

Publicado

13-12-2018

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.