O uso de redes sociais virtuais para fins laborais no ambiente organizacional: um estudo à luz da Análise de Redes Sociais (ARS)

Bibiana Giudice da Silva Cezar, Paulo Cassanego Jr., Kathiane Benedetti Corso

Resumen

As redes sociais virtuais vêm sendo incorporadas nas relações de trabalho contemporâneas desempenhando um papel de disseminação da informação. Nesse contexto, tem-se como objetivo geral analisar a estrutura da rede social formada a partir de grupos em redes sociais virtuais entre colaboradores de uma organização. Adotou-se o método Análise de Redes Sociais solicitando aos respondentes que citassem os integrantes dos grupos de redes sociais virtuais relacionados a questões laborais dos quais participam. Utilizaram-se métricas de centralidade, densidade e modularidade no software Gephi 0.9.1 para construir a rede e analisa-la. A partir da identificação de 23 grupos diferentes, mapeou-se uma rede de afiliação não direcionada composta por 68 nós e 1501 arestas, densa e estruturada em quatro módulos. Os colaboradores mais centrais apresentam diferentes setores e posições. Isso indica que informações laborais são disseminadas virtualmente de maneira heterogênea. Alguns papeis centrais na rede social mapeada não coincidem com a estrutura organizacional formal.

Palabras clave

Redes sociais; redes sociais virtuais; grupos; ambiente organizacional; análise de redes sociais

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2018 Bibiana Giudice da Silva Cezar, Paulo Vanderlei Cassanego Junior, Kathiane Benedetti Corso