Isomorfismo normativo e redes na pesquisa científica brasileira

Autores/as

Resumen

O presente artigo tem como objetivo compreender a dinâmica dos programas de pós-graduação stricto sensu do Brasil: Administração na Fundação Getúlio Vargas em São Paulo (FGV-SP) e Clínica Veterinária da Universidade de São Paulo (USP) e entender as prováveis respostas à normatização da Capes. A investigação empregou métodos sócio-bibliométricos, teorias institucionais e as de rede, discutindo a evolução da produção científica dos programas no período de 2004 a 2016, e utilizando os testes estruturais da teoria de redes como (scale-free, small-world, centro periferia e homofilia). O método utilizado teve uma abordagem objetivista. Conclui-se ao avaliar as redes que existe indícios de isomorfismo normativo. As redes apresentam características diferentes em sua composição e reagem de forma diferente aos testes propostos. A adaptação às normatizações pode se dar através de autoria espúria, sendo este estudo importante para contribuição neste campo.

Palabras clave

Redes Sociais, sociometria, produção bibliográfica, institucionalismo

Biografía del autor/a

Thiago Rafael Nogueira Cardoso, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Possui graduação em Estatística pela Universidade Federal de Minas Gerais (2010) e graduação em Administração pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (2013). Especialista em Gestão da Qualidade pela Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais. Tem experiência na área de qualidade, marketing e estratégia.

Crystyane Ferreira Bernardino, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Possui graduação em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2016). Tem experiência na área de Administração, como gestora de sua própria empresa.

Uajará Pessoa Araújo, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Possui graduação em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal de Ouro Preto e em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de São João del-Rei. É Especialista em Gestão Executiva pela Universidade de São Paulo onde também concluiu os créditos para o mestrado em engenharia metalúrgica. É Mestre Profissional em Administração pela Universidade Federal da Bahia. É Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo. É Doutor em Administração pela Universidade Federal de Lavras, onde também concluiu seu primeiro pós-doutorado, em administração. Tem experiência acumulada em 20 anos de gestão empresarial, em setores da siderurgia, não-ferrosos, mineração e produtos químicos. Atualmente é professor associado da carreira de magistério superior do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais onde leciona na graduação em engenharias, letras e administração e no mestrado em administração; conduzindo pesquisas com foco no processo de tomada de decisões especialmente nos campos científico e tecnológico; redes; capital social; e aprendizado em rede

Publicado

21-11-2018

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.