Trajetória e estado corrente da sociometria brasileira

Autores/as

  • Uajará Pessoa Araújo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais
  • Maria de Lourdes Mendes Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais
  • Patricia Alburquerque Gomes Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Grais
  • Simoni de Cássia Pinto Coelho Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais
  • Wayne Vinícius Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais
  • Mozar José de Brito Universidade Federal de Lavras

Resumen

Foram analisados 573 trabalhos de autores brasileiros ou publicados no Brasil que empregaram softwares sociométricos. O propósito foi descrever criticamente a trajetória do arranjo de sociometristas no país, que somou 1013 pesquisadores distribuídos em cinco componentes maiores, uma dezena de outros menores e uma maioria de inexpressivos. Como método, favoreceu-se uma abordagem objetivista, ancorada na teoria das redes e em postulados bibliométricos. “Leis” e hipóteses foram apresentadas, testadas e não refutadas: de Lotka, de Bradford, modelo de difusão, relevância dos Programas de Pós-Graduação, free-scale state, small world, homofilia e configuração centro-periferia. Os resultados levam à admissão que a produção sociométrica brasileira foi encontrada consoante às principais indicações teóricas, tanto bibliométricas quanto da análise de redes sociais. Contudo, registra-se que cada vez mais a sociometria se converte em uma ilustração da bibliometria, basicamente nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Turismo e de Ciência da Informação – declinante como novidade, e qualquer meta-análise mais aprofundada é inviabilizada pela parca caracterização estrutural dos arranjos estudados; a maioria em um corte transversal sobrepondo em um desenho único toda a dinâmica do arranjo. Dessas constatações, procurou-se dar conta de algumas alternativas à sociometria praticada no país e recomendar um modelo de pesquisa sociométrico mais rigoroso.

Palabras clave

Sociometria, pesquisa científica, método quantitativo de pesquisa, Brasil

Biografía del autor/a

Uajará Pessoa Araújo, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração

Maria de Lourdes Mendes, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Aluna do Programa de Pós-Graduação em Administração

Patricia Alburquerque Gomes, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Grais

Aluna do Programa de Pós-Graduação em Administração

Simoni de Cássia Pinto Coelho, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Aluna do Programa de Pós-Graduação em Administração

Wayne Vinícius, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Aluno do Programa de Pós-Gradaução em Administração

Mozar José de Brito, Universidade Federal de Lavras

Professor do Programa de Pós-Graduação

Publicado

05-06-2017

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.