Mulheres que tecem memórias e narram histórias

Inambê Sales Fontenele, Celecina de Maria Veras Sale

Resumen

Estudar o processo de construção social das contadoras de história da região do Cariri do Estado do Ceará, Nordeste do Brasil sob a perspectiva da dimensão cultural, requer da pesquisa que evidencie os modos como essas mulheres percebem e narram a história social e suas próprias vidas. Contar história é uma forma de trazer as experiências das mulheres e as singularidades da arte de fazer e
dizer o passado e o presente. Trabalhar com a dimensão da memória é chegar ao passado através da narrativa do presente. Por ser uma pesquisa qualitativa, privilegia-se o trabalho de campo utilizando técnicas que possibilitam a escuta, a experiência das mulheres. Apoia-se na proposta da pesquisa qualitativa de caráter etnográfico com abordagens metodológicas da história oral. Tecendo memórias, as mulheres dessa pesquisa contam a história da sua cidade, da sua família, dos
personagens religiosos que habitam a fé e os oratórios das suas casas e comunidade. Utilizam canetas, computadores e rimas quando constroem as histórias narradas em cordéis, e lápis, agulhas, linhas e retalhos quando bordam os personagens das suas histórias nos panôs.

Palabras clave

mulheres; memória; expressões culturais

Texto completo:

PDF (Português)

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c)